quinta-feira, 11 de julho de 2013

Sindasp-RN participa do Dia Nacional de Lutas

        O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte se fez presente no Dia Nacional de Lutas, realizado em todo o país e que levou milhares de natalenses para as ruas, na manhã desta quinta-feira (11). Juntamente com a Nova Central Sindical de Trabalhadores, o Sindasp-RN comandou uma das frentes do protesto.
      A presidente do Sindasp-RN, Vilma Batista, chegou a discursar para a multidão que participou da manifestação, ressaltando itens importantes da pauta de luta dos agentes penitenciários, como a aprovação da PEC-308. Além da presidente, integrantes da diretoria do Sindicato também participaram do protesto.

Confira vídeo e fotos do protesto:











 SINDASP/RN
Juntos Somos Fortes!


terça-feira, 9 de julho de 2013

DIA 11 DE JULHO DE 2013, DIA DE LUTA!


SINDASP/RN
Juntos Somos Fortes!

       O SINDASP/RN  em parceria com a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL realizará uma reunião no próximo dia 13 de julho às 10:00, na Sede da Nova Central, na Avenida Bernardo Vieira,  576, Quintas, em frente ao armazém pará para explicar quais as documentação necessária para aquisição de terrenos a cinco km de Parnamirim- RN. Os terrenos já tem iluminação, água, energia e saneamento. Contato: 88892379 ou 87576517.







SINDASP/RN

COMUNICADO DO SINDASP/RN

O SINDASP/RN vem por meio deste comunicado informar que no último dia 27 de junho, o Sistema Penitenciário recebeu da Forjas Taurus 80 (oitenta) pistolas do Calibre .40 modelo PT 840. Convêm destacar o trabalho realizado pelos agentes do INFOPEN, sob a coordenação do Agente Penitenciário José Olimpio,  que tiveram a iniciativa de elaborar desde a autorização para aquisição do armamento junto ao Exército Brasileiro, elaboração de justificativa e pareceres técnicos, até o acompanhamento dos trâmites burocrático do processo.
O SINDASP também vem diligentemente acompanhando todos os trâmites do processo, inclusive acompanhou os agentes do INFOPEN no ato de protocolo  da documentação junto a 7ª Brigada Militar do  Exército Brasileiro em Agosto de 2012. Documentação essa enviada para o DFPC em Brasília-DF. É importante ainda ressaltar que as pistolas que o Sistema adquiriu, foi  paga com recursos provenientes do Fundo Penitenciário Estadual, e que por intervenção do SINDASP, solicitou que fosse alterada a origem da fonte, que antes estava com informação orçamentária do Orçamento Geral do Estado, para a fonte específica do FUNPEN. 
Dessa forma a sugestão do SINDASP foi encaminha para o Conselho que forma o FUNPEN e após apreciação, foi aprovada pelos membros do Conselho. Quanto ao armamento, trata-se de um modelo moderno, utilizado pelas principais forças de segurança do País, e que virá inscrito com o brasão da República, do RN e  do Sistema Penitenciário do RN.  Portanto, propriedade exclusiva do Sistema Penitenciário e para o uso dos Agentes Penitenciários. O SINDASP estará  atento quanto a sua entrega e distribuição para as unidades prisionais, a fim de garantir que esse armamento seja utilizado exclusivamente pelos operadores do SISPEN-RN. Estaremos ainda acompanhando o trâmite dos demais processos para aquisição de fuzis, coletes, munição e munição e artefatos não-letais. 
Diante de tantas dificuldades e percalços, mais uma vitória para o nosso Sistema Penitenciário. 
Vilma Batista da Silva
Presidenta do SINDASP/RN

SINDASP/RN INFORMA


O SINDASP/RN vem através deste informar aos agentes penitenciários que na Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 07 de dezembro de 2012, com objetivo de adequar o estatuto a portaria 186 do MTE e outras providencias, publicado com dez dias de antecedência no jornal Tribuna do Norte, onde a categoria votou e aprovou por unanimidade dentre outros pontos, que a contribuição sindical passaria de 1% (um por cento) para 1,5% (um e meio por cento), entretanto este aumento só seria implantado após o reajuste de 30% (trinta por centos) no salario dos agentes penitenciários.  Vale salientar que a maiorias dos sindicatos a contribuição é de dois por cento.
Informamos que por conta da pequena arrecadação do Sindicato, no início o contrato com a assessoria jurídica beneficiava apenas os agentes penitenciários da Grande Natal, porém aumentou os números de ocorrências envolvendo os agentes do interior do Estado, neste caso, houve a necessidade de estender o contrato da assessoria jurídica para todo o Estado do RN, gerando um aumento nas despesas do Sindicado, contratação de assessoria contábil para dá credibilidade e transparências nos recursos utilizados, assessoria de imprensa que nos permite acesso com rapidez e eficácia na mídia, e a partir dessa gestão passou-se a comemorar o Dia do Agente Penitenciário do RN e Festa Natalina anualmente, aquisição de um terreno na Cidade de Mossoró onde será construindo uma Sub-Sede do SINDASP/RN, e a contratação de uma consultoria para elaboração do Plano de Cargos Salario Remuneração e o Estatuto do Agente Penitenciário do RN, que já está trabalhando no projeto, também no futuro breve lutaremos pela aquisição de um terreno para a sede própria do SINDASP/RN.
Qual quer dúvida O SINDASP/RN está à disposição pra prestar esclarecimento aos seus associados.

Vilma Batista da Silva
Presidenta do SINDASP/RN 

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Sindasp-RN convoca categoria para participar do Dia Nacional de Luta

     Seguindo as Centrais Sindicais de todo o Brasil, o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte (Sindasp-RN) convoca toda a categoria potiguar a participar, no próximo dia 11, do Dia Nacional de Luta. Entidades de todo país estão se organizando com mobilizações, passeatas, protestos e até greves, em prol de benefícios para os agentes.

      Lembramos a todos que temos em discussão pautas como a PEC 308, derrubada do veto do PL- 87/2011, a não privatização do Sistema Penitenciário, e mais segurança para o sistema penitenciário, bem como no âmbito local cobramos do Governo do RN a convocação de mais agentes, devido a defasagem no efetivo em relação a quantidade de presos.

     Além disso, é preciso lutar por condições mais dignas de trabalho, tanto na parte de infraestrutura, com aquisição de material e melhoria dos prédios, como na parte de valorização profissional. Nossa categoria precisa de cursos e treinamentos e isso tem que partir dos governantes.

       Chegou a hora de, mais uma vez, mostramos que somos uma categoria unida e forte. Sem luta não há conquistas.