quinta-feira, 13 de julho de 2017

Sindasp-RN participa de luta por mudanças na LDO 2018


O Sindasp-RN tem participado, nesta semana, do somatório de esforços de servidores estaduais de várias categorias para pressionar os deputados a estaduais a mudarem o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018.

O projeto enviado pelo Governo do Estado visa congelar os investimentos com base no orçamento de 2017, impedindo os servidores de terem reajustes ou melhorias salariais, por exemplo.

“Toda esta semana estamos com o Fórum de Servidores fazendo pressão na Assembléia Legislativa para que a peça orçamentária 2018 enviada pelo Governo não seja equiparada ao orçamento 2017. Vamos trabalhar para que o orçamento não seja congelado, prejudicando os servidores e o próprio desenvolvimento do Estado”, explica Vilma Batista, presidente do Sindasp-RN.

De acordo com ela, o Fórum dos Servidores também luta pela participação na construção da LOA, pois é a peça fundamental para execução do orçamento.




terça-feira, 11 de julho de 2017

Sindasp-RN emite nota de repúdio a promotor que praticou abuso de autoridade contra agentes penitenciários

O Sindasp-RN repudia veementemente a atitude de um promotor de Justiça que, nesta terça-feira (11), praticou abuso de autoridade contra agentes penitenciários da cidade de Sousa, na Paraíba. Os três agentes estavam fazendo transporte de cinco presos e, com determinação do juiz da comarca, não permitiram nenhum contato de pessoas externas com os detentos.

O promotor, por sua vez, além de desobedecer uma ordem judicial, querendo obrigar os agentes a permitir o acesso de familiares aos presos, usou de abuso de autoridade dando voz de prisão aos agentes.

Essa atitude é lamentável e imoral para um representante da lei. Um promotor de Justiça querer passar por cima de uma ordem judicial e querer atropelar procedimentos de segurança de profissionais do Sistema Penitenciário é algo que devemos repudiar categoricamente.

Ele desrespeitou os agentes penitenciários e quis humilhar os profissionais, que simplesmente estavam exercendo seu trabalho de maneira digna e correta. Esperamos, como representantes dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte, que o caso seja apurado pelas autoridades paraibanas e que o promotor possa responder publicamente e até mesmo em outras esferas pelo abuso que praticou.

No mais, em nome de todos os agentes do Rio Grande do Norte, nos solidarizamos com os colegas paraibanos e demonstramos nosso apoio no combate às injustiças que essa categoria sofre diariamente em todo o Brasil.

Vilma Batista
Presidente do Sindasp-RN